Mas afinal… O que é o amor?

o que é o amor

Tantos dias fora de casa me fizeram refletir um pouco sobre “O que é o amor?”, além do mais, amar é, segundo o dicionário é uma forte afeição que criamos em relações pessoais ou por laços de consanguinidade. Mas dai eu me pergunto, aonde que eu estava enquanto eu criei e alimentei um amor tão grande por pessoas ao meu redor? É a pergunta que jamais ficará escondida ou calada entre tantas e tantas dúvidas que formamos a cada dia em nossas mentes.

Pra mim, amor é saudade, abraço, beijo e carinho. Para outros, amor é ter alguém, companhia e viver por algo ou alguém. E quem será que esta certo? Na minha opinião, ninguém.

Amor é se sentir amado, é compartilhar de um sentimento que nada explica. Pode fazer chuva ou sol, mas o que você deseja é estar perto daquela pessoa. E acredito fielmente&cegamente que amor de pai, mãe, irmãos, namorado é diferente pelo peso que sentimos ao passar dos dias em nossa vida: o que queremos construir?

Amor de pai e mãe é insubstituível, é inexplicável. Amor que não se mede. É uma relação de afeto, de medo, de paixão, de não ter palavras para explicar. Imaginar viver sem nossas bases, nossas raízes, é como viver do vento: qualquer coisa pode te desestruturar.

Amor de família, irmãos e parentes é um amor de querer o bem, querer estar perto, querer sempre reconhecer aquele carinho e saber que, a qualquer momento, poderá contar com aquelas pessoas em sua rotina.

Amor que a gente constrói durante nossa vida, com nosso livre arbítrio e nossa própria vontade acaba se tornando diferente de todos os outros amores, porque sabemos que aquela felicidade misturada com aquele amor pode a qualquer momento acabar e deixar tudo destruído embaixo de nossos pés. Amores que construímos em nossa vida -amigos, namorado, pessoas que se tornam especiais-, são valiosos de uma maneira diferente e fundamental para todos nós.

E porque o amor é tão complicado? 

Porque se não fosse, qual graça teria? Qual graça teria em ter aquele friozinho na barriga, aquela dorzinha no peito misturado com a felicidade de rever a pessoa? Qual seria o motivo de vivermos sempre em busca de “costruir nossa vida” ou “construir nossa família”?

No fim das contas, o amor é a nossa base. O amor é o que nos une, nos separa, nos fortalece e nos enfraquece quando necessário. “Amor” acaba se tornando “amar”, “amei” e “amo” para construir cada degrau de nossa história.

Amar é isso: é estar em busca de uma felicidade construída por nós todos os dias. 

E pra você, o que é o amor?

Júlia

Ps.: Não haveria foto que demonstrasse o sentido desse post. Só ela consegue descrever todo o meu sentimento. A internet as vezes não consegue suprir todas as nossas necessidades por parte de sentimentos.

 

 

 

4 Comments

  1. BlahOestraich25 de janeiro de 2016

    Oi JuJu, lindas palavras!!!!
    Não existe sentimento mais lindo que o amor <3333333

    http://www.blahoestraich.com.br

    Responder
    1. Júlia
      jukoetz25 de janeiro de 2016

      Concordo contigo totalmente. Beijos lindona <3

      Responder
  2. Dani26 de janeiro de 2016

    Tem razão!
    Parece simples, mas é uma pergunta difícil de responder…
    Para mim o amor é um sentimento nobre e que todos tem a capacidade de sentir! É divino, é essencial e a sua definição resume bem.
    Adorei o texto!

    bjO

    http://www.brechodanylins.com.br

    Responder
    1. Júlia
      jukoetz26 de janeiro de 2016

      Obrigada Dani, fico feliz que gostou. Esse é o maior presente que ganhamos ao ser Blogueiras. Escrever e alguém entender a mensagem. Adorei tua definição <3 Beijos!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *